Cada vez mais, está crescendo o grupo de mulheres que espera do parceiro afetivo mais investimento emocional do que financeiro. Se, há algumas décadas, era importante a mulher ser bonita e o homem bem-sucedido financeiramente, atualmente as relações estão bem mais complexas e as expectativas de homens e mulheres têm passado por significativas transformações.

Os papéis sociais já não estão tão definidos, e, da mesma forma que as mulheres conquistaram um bom espaço no mercado de trabalho, tem se tornado mais comum homens participando da rotina doméstica.

As mulheres, mais emancipadas socialmente, adquiriram hábitos anteriormente restritos aos homens, como tomar cerveja, fumar, fazer sexo casual e levar em conta a atratividade física na hora de escolher um parceiro. Os homens, por sua vez, embora ainda valorizem muito a beleza, passaram a considerar muitos outros fatores, como inteligência, bom nível cultural, senso de humor, independência.

Se antes era muito simples conquistar uma mulher pagando um bom jantar num restaurante da moda, cada vez mais, encontramos mulheres que não se sentem seduzidas por esse tipo de arranjo.

Quando uma mulher atinge um razoável nível de sucesso profissional e financeiro, espera muito mais do parceiro. Ela deseja o investimento emocional de quem ela ama do que simplesmente aquilo que pode ser adquirido com dinheiro. Ela quer disponibilidade de tempo e comprometimento com a relação. Ela quer se sentir prioridade. Ela quer alguém para estar com ela, para compartilhar alegrias, conquistas, expectativas, devaneios, perdas e contas também.  Mais do que estar fisicamente, ela quer sonhar e planejar com o parceiro.

 

Para essas mulheres, as relações têm se tornado muito complexas e difíceis ao mesmo tempo, pois elas desejam algo imaterial, imensurável, subjetivo, intangível. Para compreender e vivenciar o modo de estar no mundo dessas mulheres, é preciso que o homem tenha também uma lógica feminina, não linear, criativa, aberta ao caos e às trocas mútuas.

 

Sílvia Marques é doutora em Comunicação e Semiótica, psicanalista lacaniana, escritora e atriz.

silviamarques@psicanalistasilviamarques.com

WhatsApp: (11) 998712177

Atende no Alto da Lapa (Zona Oeste de São Paulo).