A psicanálise é, em essência, uma cura pelo amor.
(Sigmund Freud)

O desafio da interpretação: para que servem nossos sonhos?

Freud descobriu que, quando sonhamos, surge um “estranho”, e nem sempre o reconhecemos como nós mesmos, no entanto, somos, sim, nós mesmos. Como sabemos, os sonhos são a janela para olharmos nosso mundo interno. São a chave que une o conscien­te e o inconsciente, e eles têm um sentido. O sentido a que me refiro …

Continue lendo

Para que servem os nossos sonhos?

Os sonhos sempre intrigaram a humanidade. Provocaram muitas inquietações. Trariam eles alguma revelação ou mensagem? Teriam algum sentido? Poderiam ser vistos como cartas cifradas? Um antigo texto egípcio diz: “Deus criou os sonhos para mostrar o caminho àquele que dor­me, cujos olhos estão nas trevas”. Mostra que os antigos, além de darem importância aos sonhos, …

Continue lendo

Protect me from what I want

Texto escrito por *Helena Cunha Di Ciero Mourão e publicado em Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo – 21 de dezembro de 2017. Somos feitos de som e fúria, já dizia Sheakespeare. O velho Freud adicionaria que, entre fezes e sangue, nascemos. A verdade é que não somos assim tão puros e limpos como …

Continue lendo

Sonhar: um curioso mecanismo digestivo

Texto escrito por Talya Saadia Candi* e publicado na Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo.   “Não é verdade que as pessoas param de perseguir os sonhos porque estão a ficar velhas, elas estão a ficar velhas porque pararam de perseguir os sonhos” – Gabriel García Márquez   Muito antes da escrita e da publicação da …

Continue lendo

A importância do sonhar

Texto escrito por Carlos de Almeida Vieira* e publicado em O Globo – 6 de dezembro de 2017.  Sonhar é um recurso criativo de todo ser humano. Sonhar é uma forma de viver experiências psíquicas que a nossa mente censura e não oferece acesso durante a vigília. Estou me referindo ao sonho do sonho, pois quando acordados também …

Continue lendo
© 2019 Caminhos da Psicanálise. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por CriaTec