Caminhos da Psicanálise

Clínica Caminhos da Psicanálise atendimento e supervisão presencial e on-line

O poder e a força de sujeitar sujeitos!

“(…) ao se indagar sobre as formas da vida social, a psicanálise procurou sobretudo descrever os regimes de adesão à sujeição social, ou seja, a essa maneira de associar a própria instauração da vida psíquica, a constituição de suas instâncias a modalidades de adesão ao que nos faz sofrer. Pois a sujeição não poderia se …

Continue lendo

Risco de voltarmos à mesma “leviana festividade suicida”.

O corpo que ganha expressão na clínica psicanalítica não é o corpo biológico. Desse, a medicina cuida, prescreve, dá receitas. A psicanálise lida com um outro corpo: subjetivo, singular, linguageiro. Corpo desejo, erógeno, tomado pela libido, pelo gozo. Para Lacan, nascemos como se fossemos um “pedaço de bife com olhos”. É no processo de inserção …

Continue lendo

A transgressão do humor em um mundo sem graça!

O humor é uma das formas de enfrentamento do Real, do mal-estar da civilização. Freud escreveu dois textos sobre o tema: “O chiste e sua relação com o inconsciente” [1905] e “O humor” [1927]. No primeiro, coloca o chiste como uma das formações do inconsciente. Mostra suas implicações ademais da questão cômica. No segundo, estabelece …

Continue lendo

Momentos de crise

Muitas vezes ocorre  de uma pessoa sentir um mal-estar interno, algo que não sabe definir, já que está no nível inconsciente. Até mesmo quando é consciente, ela tem dificuldade de aceitar esse sentimento. Há momentos em que  ela não se sente bem. Momentos em que, infelizmente, ela não se detém, porque pensar e avaliar faz …

Continue lendo
© 2021 Caminhos da Psicanálise. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por CriaTec