A psicanálise é, em essência, uma cura pelo amor.
(Sigmund Freud)

Setembro Amarelo: vamos falar sobre o suicídio?

De todos os temas tabu da sociedade, talvez, nenhum deles constranja mais do que o suicídio. Neste artigo, usarei a expressão morte voluntária, pois me parece que associar a escolha de morrer com um homicídio é uma ideia que tem gerado mais problemas do que soluções, que tem aumentado o abismo entre a necessidade de …

Continue lendo

Separar para não divorciar

Texto escrito por Vera Iaconelli e publicado na Folha de S. Paulo – 3 de julho de 2018. Nos casais é comum acusarmos o outro de ser ele mesmo A psicanálise tem as melhores e as piores notícias sobre o amor. Os românticos que me desculpem, mas o amor pode ser bem melhor quando encarado sem nenhuma …

Continue lendo

Amor: encontros ou desencontros?

Freud dizia que “a salvação do homem é o amor e o trabalho”. Realmente, podemos pensar que a vivência do amor íntimo e comprometido se constitui na experiência mais significativa pela qual passamos. O amor é fonte de motivação e energia,  tem papel terapêutico em nossas vidas. É incrível o seu poder, a força de transformação …

Continue lendo

Ciúme: tempero ou veneno?

O excesso de ciúme pode acabar com qualquer relacionamento, e só quem o sente na pele sabe o grande sofrimento e tortura que causa. Um pouco de ciúme pode ser considerado um tempero na relação a dois, funcionando como poderoso afrodisíaco capaz de manter a motivação para a conquista. Nas situações de ameaça, pode indicar …

Continue lendo

Maktub: estava escrito ou há a possibilidade de reescrever?

Maktub é uma palavra que veio do árabe e significa “já estava escrito”, ou “tinha que acontecer”. Remete ao que está predestinado, e assim não pode ser evitado. Ouvi essa expressão pela primeira vez em uma cena de novela. Faz um bom tempo inclusive. Maktub era frequentemente dito por uma das personagens quando algo não …

Continue lendo

A culpa nossa de cada dia

A culpa é um tipo de angústia, uma sensação acompanhada de sentimentos de inadequação e mal-estar. Seu sentimento esboça o contorno de muitas ações humanas. “Sentir-se culpado” e “provocar culpa” nos outros são mecanismos que costumam ocorrer com certa frequência nas relações entre pais e filhos, marido e mulher, namorados e amigos. Na verdade, a culpa …

Continue lendo

A “linguagem” dos sintomas

São muitas as pessoas que manifestam sua ansiedade através de um mal-estar orgânico. A mente angustiada pode fazer seu  protesto por meio do corpo. Ao contrário do que se costuma pensar, o sintoma muitas vezes é “efeito” e não “causa” do sofrimento. Alguns parecem “pedir” para serem interpretados e compreendidos. É sempre muito importante saber …

Continue lendo

Deixando para depois

Muitas pessoas têm a tendência para adiar decisões que lhe são importantes: adiam o início de uma dieta, o conserto do carro, a procura de um emprego melhor, o fim de um relacionamento que não dá mais certo, o início de um tratamento. O hábito de adiar, muitas vezes, cria problemas e, talvez, o maior …

Continue lendo

Descrever a vida psíquica

Texto escrito por Valdimir Safatle e publicado na Folha de S. Paulo – 19 de janeiro de 2018. Quando foi publicado em sua primeira edição, em 1952, o “Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais” (DSM) continha 128 categorias para a descrição de modalidades de sofrimento psíquico. Em 2013, em sua quinta e última versão, o …

Continue lendo
© 2019 Caminhos da Psicanálise. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por CriaTec