A psicanálise é, em essência, uma cura pelo amor.
(Sigmund Freud)

Para que servem os nossos sonhos?

Os sonhos sempre intrigaram a humanidade. Provocaram muitas inquietações. Trariam eles alguma revelação ou mensagem? Teriam algum sentido? Poderiam ser vistos como cartas cifradas? Um antigo texto egípcio diz: “Deus criou os sonhos para mostrar o caminho àquele que dor­me, cujos olhos estão nas trevas”. Mostra que os antigos, além de darem importância aos sonhos, …

Continuar lendo

O babadook e o lado B da maternidade

O babadook, produção australiana de 2014, dirigida por Jennifer Kent, é muito mais do que um filme de terror assustador. Diferentemente do cinema tradicional de terror e principalmente do de horror, que geralmente se baseiam em lugares comuns e preconceitos,  O babadook mergulha no drama de uma mulher sem forças para amar o filho depois …

Continuar lendo

Momentos de crise

Muitas vezes ocorre  de uma pessoa sentir um mal-estar interno, algo que não sabe definir, já que está no nível inconsciente. Até mesmo quando é consciente, ela tem dificuldade de aceitar esse sentimento. Há momentos em que  ela não se sente bem. Momentos em que, infelizmente, ela não se detém, porque pensar e avaliar faz …

Continuar lendo

A lógica artística é histérica. A acadêmica, obsessiva

Não pretendo dizer que todo artista seja neurótico histérico e nem que todo acadêmico seja obsessivo.  Digo simplesmente que a lógica da arte é histérica porque não se prende à necessidade de se expressar com extrema precisão. O artista não se compromete excessivamente com aquilo que fala. Ele simplesmente fala, simplesmente se expressa, tocando o …

Continuar lendo

Infância sequestrada

Tenho um primo que, na infância, adorava desenhar. Transformava as calçadas no seu ateliê. Quando o dinheiro sobrava, usava gizes de várias cores. Na falta, usava carvão ou qualquer outro material para dar vida à sua imaginação. Desenhava também em cadernos ou folhas soltas, inclusive, em sacos de papel de padaria. Na família, todos ficavam …

Continuar lendo

Luto mal resolvido

Freud, em sua obra “Luto e Melancolia”, afirma que as situações de perda sempre convocam o sujeito ao trabalho de luto. Só depois de ultrapassada essa fase é que se torna possível a pessoa fazer novos investimentos afetivos. Ele coloca também que consequências desastrosas podem advir na vida da pessoa quando, por um motivo qualquer, …

Continuar lendo

Ilusão: o perigoso fio que nos conecta mesmo sem Wi-Fi

Recentemente testemunhei a seguinte cena num restaurante. Eram dois adolescentes com os pais. Logo que a comida chegou, um apetitoso sanduíche acompanhado de batatas fritas, cada membro da família sacou do bolso seu celular e fotografou o prato antes mesmo de experimentá-lo. Parecia uma cena de faroeste. Estavam ávidos e felizes por registrar o cheeseburguer que comeriam em segundos. …

Continuar lendo

Setembro Amarelo: vamos falar sobre o suicídio?

De todos os temas tabu da sociedade, talvez, nenhum deles constranja mais do que o suicídio. Neste artigo, usarei a expressão morte voluntária, pois me parece que associar a escolha de morrer com um homicídio é uma ideia que tem gerado mais problemas do que soluções, que tem aumentado o abismo entre a necessidade de …

Continuar lendo

Da queixa à implicação

Há mais de dez anos, trabalho na área organizacional com foco na gestão de pessoas e de processos. Acompanho de perto as mudanças nas relações de trabalho. A estrutura de poder vertical, que orientou as empresas nos séculos anteriores, está sendo substituída por modelos horizontais. Nesse novo cenário, a palavra responsabilidade ganha força e novos …

Continuar lendo

O sentimento de inveja

Embora os sentimentos de inveja sejam familiares para a maioria das pessoas, suas implicações são penosas, difíceis de reconhecer e aceitar. A tendência geral é negarmos com veemência esses sentimentos em nós mesmos, ficando mais fácil identificá-los nos outros. Definindo resumidamente, a inveja é um sentimento irado de que outra pessoa possui e desfruta de algo …

Continuar lendo
© 2018 Caminhos da Psicanálise. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por CriaTec